| Home | Imprensa |Contato | Mapa do Site |   


:: ABCE ::




O SETOR DE ENERGIA ELÉTRICA: ASPECTOS FÍSICOS E REGULAMENTAÇÃO.

Vilson D. Christofari

Mais do que nunca, os profissionais que labutam nas lides do setor de energia elétrica devem estar atualizados e preparados, entendendo como funciona o setor em seu conjunto, como são suas leis de regência, principais problemas, razões para as alterações etc.

Estes aspectos serão abordados na edição de 2018 do Curso “O SETOR DE ENERGIA ELÉTRICA: ASPECTOS FÍSICOS E REGULAMENTAÇÃO”.

      ENTREVISTA

O Brasil enfrenta fase de dificuldades econômicas e o setor de energia elétrica vive uma turbulenta fase institucional. A legislação e a regulamentação têm sido constantemente alteradas.

Para o ano de 2018 inúmeras serão as “novidades” regulatórias a serem discutidas e implementadas, tais como: separação entre lastro e energia, ampliação do mercado livre, alterações no modelo comercial, judicialização do setor etc. Um novo modelo institucional para o setor de energia elétrica está sendo formulado.

De acordo com a sabedoria chinesa, “crises” são portas que se abrem para “oportunidades”.

Mais do que nunca, os profissionais que labutam nas lides do setor de energia elétrica devem estar atualizados e preparados, entendendo como funciona o setor em seu conjunto, como são suas leis de regência, principais problemas, razões para as alterações etc.

Estes aspectos serão abordados na edição de 2018 do Curso “O SETOR DE ENERGIA ELÉTRICA: ASPECTOS FÍSICOS E REGULAMENTAÇÃO”.

Em 2017 o referido curso foi desenvolvido para a décima terceira "turma aberta", com absoluto sucesso, o mesmo ocorrendo com os cursos "in company" ministrados na CCEE em 2007 e na CELESC em 2012.

O professor Vilson D. Christofari é engenheiro eletricista, advogado e pós-graduado em Administração de Empresas.  Atua há mais de 52 anos em diversos setores do mercado de energia elétrica, como dirigente de entidades ou como consultor (MME, DNAEE, ANEEL, concessionárias, projetistas e fornecedores). (Vide curriculum).

O curso em referência vem sendo ministrado desde 2005, examinando os dispositivos de leis, decretos, resoluções da ANEEL e portarias do MME.  Sempre que necessário e cabível, são mostrados os aspectos físicos que justificam e permitem entender as razões dos textos legais, das regulamentações e das regulações. Por exemplo, o entendimento do MRE (Mecanismo de Realocação de Energia – art. 20 do Decreto nº 2.655/98 e regras da CCEE) deve ser precedido do conhecimento de como funciona o sistema brasileiro de geração; características dos reservatórios de hidrelétricas; despacho das usinas pelo ONS etc.

A abrangência do curso e a metodologia de apresentação dos temas têm merecido elogios dos participantes. Após o encerramento de cada turma tem havido inúmeros depoimentos de pessoal que trabalha nas áreas jurídicas, regulatórias e gerenciais de empresas geradoras, no sentido de que o conhecimento das questões que envolvem a distribuição, transmissão, tarifas e outras têm sido muito importantes, permitindo um conhecimento mais amplo do setor, de seus problemas e realidades, o mesmo ocorrendo com profissionais de empresas de distribuição, de transmissão e de escritórios de advogados.

O curso é completamente apostilado, com mais de 1.500 páginas atualizadas, com textos explicativos, ilustrações e estatísticas.

Ao final do curso será fornecido o certificado do Curso de Extensão para os alunos que tenham comparecido a, pelo menos, 75% das aulas.

Nas anteriores edições de cursos abertos houve a participação de colegas de diferentes áreas (jurídica, comercial e regulatória) de várias concessionárias e autorizadas de geração, transmissão e distribuição, de consultores de diversos escritórios de advogados, de fabricantes de equipamentos e de empresas de construção.

O convívio de profissionais de empresas de geração, distribuição e de transmissão com colegas envolvidos em consultoria jurídica, comercialização e outras atividades do setor tem se mostrado muito produtivo, com a apresentação de pontos de vistas e de dúvidas que muitas vezes se complementam.

No ano de 2018 o curso será desenvolvido com 27 módulos, totalizando 108 horas presenciais (vide programa dos módulos em anexo).

No presente momento está sendo formado o grupo (décima quarta turma) para o curso aberto de 2018, para o qual já existe, novamente, a adesão de colegas de concessionárias, de escritórios de advogados e de outras empresas.

O preço do curso corresponde a 10 (dez) parcelas mensais de R$ 1.400,00 (um mil e quatrocentos reais), a primeira das quais no ato da matrícula e assinatura do contrato e as demais até o dia 10 (dez) de cada mês, de março a novembro de 2018. O referido preço é o mesmo praticadoem 2017. A segunda e demais inscrições de uma mesma empresa terão um desconto de 10% (dez por cento).

As empresas associadas da ABCE terão desconto de 10% (dez por cento).

As aulas serão ministradas às segundas feiras, das 09 às 13 horas, de março a novembro, na sede de ABCE, Rua Paes Leme, 215 - Conj. 504 – Ed. Thera Office – Pinheiros – São Paulo/SP, próximos às estações de metrô Pinheiros e Faria Lima. O calendário de aulas está anexado.

É solicitada a confirmação, caso exista interesse de sua parte em reservar uma vaga para a turma de 2018. O número de alunos é limitado em quinze.

As reservas deverão ser confirmadas até 19 de fevereiro.

Os contatos devem ser mantidos através do e-mail curso.ee@uol.com.br ou vilsondc@uol.com.br.

 

Atenciosamente,

Alexei Macorin Vivan
Diretor Presidente

 

Anexos:


 

Entrevistas / Artigos Anteriores

 

 


[ topo ]

© ABCE - Associação Brasileira de Companhias de Energia Elétrica - 2007/2017 - Todos os direitos reservados.